Categorias
 
Carrinho
Carrinho Vazio
 

EDUFAL Notícias
 

Títulos da Edufal concorrem à indicação no Prêmio Jabuti 2012

17/07/2012 Títulos da Edufal concorrem à indicação no Prêmio Jabuti 2012

 

 

Os títulos diabolô, de Nilton Resende, e A economia simbólica da cultura popular sertanejo-nordestina, de Elder Maia, publicados pela Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal), foram escolhidos pela Editora para concorrer ao Prêmio Jabuti 2012 nas categorias Melhor Livro de Contos e Crônicas e Melhor Livro de Ciências Humanas, respectivamente.

O Prêmio Jabuti, em sua 54ª edição, teve sua primeira premiação efetivada no fim do ano de 1959, na gestão do presidente Diaulas Riedel, em solenidade simples e despretensiosa realizada no auditório da antiga sede da CBL, na Avenida Ipiranga. Dentre os primeiros premiados esteve Jorge Amado, na categoria Romance, pela obra Gabriela, Cravo e Canela. 

O Jabuti é um prêmio consolidado na literatura brasileira. Nas palavras de Nilton Resende, “ter um título indicado a esse prêmio é interessante, porque amplia a visibilidade do livro”. Além disso, o autor afirma que “o fato de haver a indicação de um livro publicado aqui é interessante porque, de algum modo, joga uma luz sobre nossa produção”. Sobre o mesmo assunto, Elder Maia fala que “Alagoas não dispõe de um cenário contemporâneo alentador quanto à prática da leitura, embora seja um Estado com grandes escritores e pesquisadores”. 

Nilton diz que, apesar da possível indicação, não se deslumbra. Sabe que é um processo difícil e bastante concorrido da escolha dos indicados até o anúncio do vencedor. Sobre isso, ele diz o seguinte: “Há anos, participo de concursos; já perdi diversos. Então, estou acostumado com não ser premiado. A premiação é sempre uma exceção, porque é uma escolha dentre diversas possibilidades”.

Elder diz que “o prêmio é bastante concorrido, notadamente hoje, em que a publicidade é maior e a categoria na qual concorro (Ciências Humanas) tem apresentado teses, dissertações e pesquisas em geral (muitas convertidas em livros) de grande valor acadêmico-científico”.

Após serem confirmados os indicados, a apuração da primeira fase do prêmio acontece no dia 20 de setembro. Já a da segunda fase ocorre no dia 18 de outubro. A cerimônia de premiação está marcada para 28 de novembro.


Sobre as obras de Nilton e Elder:


- Nos nove contos que compõem diabolô, manifesta-se alguma perda irremediável, principalmente a da inocência. Neles, há meninos às voltas com perversidades e jogos de poder; uma senhora é humilhada e planeja vingar-se; uma jovem é esmagada pela beleza; um discurso contradiz-se; um homem lida com as duras consequências de uma brincadeira.

- O título A economia simbólica da cultura popular sertanejo-nordestina aborda os processos sociais específicos que têm atualizado e potencializado o valor sociopolítico e estético em torno das categorias de tradição e autenticidade no mundo contemporâneo. Transformada em livro, trata-se de uma pesquisa premiada em 2010 por instituições nacionais.

Visitas: 1264 Arquivo