Categorias
 
Carrinho
Carrinho Vazio
 

EDUFAL Notícias
 

Lançamento da Edufal orienta cuidadores de crianças

24/07/2012 Lançamento da Edufal orienta cuidadores de crianças

Manual informa cuidadores de crianças de 0 a 6 anos sobre higiene pessoal, medidas preventivas e direitos trabalhistas

Por Myllena Diniz – estudante de Jornalismo

Babás, professores, pais, profissionais de abrigos, conselheiros tutelares e muitos outros recebem o título de "cuidadores de crianças". A atividade exige responsabilidades cada vez mais importantes e capacitação adequada para garantir o bem-estar físico e mental da criançada. Um dos mais novos lançamentos da Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal), o Manual para cuidadores de crianças de 0 a 6 anos, apresenta orientações multidisciplinares sobre as principais questões que envolvem os cuidados com as crianças.

Maria Rosa da Silva, Cláudio Soriano e Eurides Maux são os autores da obra que é fruto de projeto de extensão desenvolvido na Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) que já capacitou, gratuitamente, cerca de 500 cuidadores em dois anos. Elaborados por equipe composta por enfermeira, pediatra, obstetra, terapeuta ocupacional e juíza, os módulos do curso de capacitação foram adaptados para o manual em estilo prático e didático.

De acordo com Maria Rosa da Silva, enfermeira graduada pela Ufal, o curso de capacitação surgiu em ação desenvolvida em abrigos de Maceió. “A iniciativa surgiu a partir da necessidade de capacitar os profissionais do Lar de Amparo à Criança para Adoção e da Casa de Adoção Rubens Colaço. Essa experiência com os profissionais dos abrigos nos fez perceber que não só eles, mas a maioria das pessoas que trabalham com crianças não possuem formação adequada e precisam de orientações”, explica.

Os temas abordados no livro esclarecem questões que vão de condutas básicas, como a forma adequada para a lavagem de mãos, a orientações sobre cuidados em crianças com problemas de saúde, como febre, convulsão, dengue, catapora, meningite e demais situações. Mas os destaques são a valorização da autoestima da criança, que merece estar sob o olhar atento e sensível do adulto, e a discussão sobre a violência, que pode ser encontrada até em casos de negligência.

Segundo a enfermeira, o principal erro apresentado por muitos cuidadores antes da capacitação é a falta de diretrizes a serem seguidas na relação com as crianças. “Nossa intenção é orientar o cuidador para que ele garanta segurança e hábitos saudáveis às crianças. Então, o curso e o manual não têm o intuito de mudar normas e rotinas, mas de sugerir métodos que implicam em melhor assistência aos pequenos”, acrescenta.

Geração de renda

Professor da Ufal e da Uncisal, o pediatra Cláudio Soriano revela que além de trazer dicas importantes sobre o cuidado infantil, a capacitação também proporciona perspectivas de geração de renda para famílias alagoanas. Agora, com o lançamento do livro, o médico acredita que as orientações podem atingir maior número de pessoas.

Nós tivemos experiências interessantes na orla lagunar de Maceió, em parceria com a ONG Visão Mundial, e no Lixão de Maceió, com a Pastoral da Criança. Nesses locais, nosso objetivo foi apresentar instruções para a geração de renda. Por isso, capacitamos pessoas da região, principalmente mães jovens, para que elas aprendessem a cuidar melhor dos seus filhos e, em paralelo, também pudessem ter uma forma de obter renda”, salienta Soriano.

O manual apresenta recomendações importantes para as babás, que perante a legislação estão inseridas no quadro funcional de empregados domésticos. O livro traz informações relacionadas aos direitos trabalhistas dos cuidadores e às documentações necessárias para a realização de entrevistas de emprego.

Maior número de beneficiados

Segundo o pediatra Cláudio Soriano, levantamento aponta para a existência de 27 abrigos de crianças e adolescentes distribuídos em treze municípios do Estado de Alagoas. O lançamento do livro permite que os resultados do trabalho de capacitação possa englobar maior número de beneficiados, inclusive no interior alagoano. “Com o lançamento do livro, nosso intuito é ampliar a ação para todos os outros abrigos, com o apoio da Superintendência de Políticas para a Criança e o Adolescente e do Tribunal de Justiça”, ressalta.

O médico também destaca que crianças com faixa etária de 0 a 6 anos possuem o dobro de conexões cerebrais de um adulto. Por isso, ele considera fundamental o investimento no período de desenvolvimento infantil e acredita que essa pode ser uma das alternativas para reduzir a violência. “O manual é o pontapé inicial de um projeto que queremos desenvolver com maior eficácia em Alagoas”, finaliza.

Como comprar

Os interessados no Manual para Cuidadores de Crianças de 0 a 6 anos podem comprá-lo pelo valor de R$ 30,00 no site da Edufal ou na sede da editora, localizada no campus A. C. Simões, em Maceió.

Próximos passos

Na primeira semana do mês de agosto, o grupo multidisciplinar que promove a capacitação da qual foi originado o Manual para Cuidadores de Crianças de 0 a 6 anos dará início a projeto piloto para cuidadores de crianças com necessidades especiais.

Atualmente, a equipe também desenvolve cursos para pessoas que cuidam de crianças e adolescentes com faixa etária de 7 a 14 anos. Os concluintes de todas as capacitações recebem certificado de 40 horas, que são distribuídas ao longo de dez aulas.

Visitas: 1217 Arquivo